Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

terça-feira, 31 de julho de 2018

"Submersos" de J.M. Ledgard

Esta é a história de um cativeiro e como tal não pode ser uma leitura suave nem, tão pouco, agradável às sensações. É dura, agoniante em certas descrições e que impressiona em muito o leitor caso esteja bem atento a tudo o que é narrado. Os nossos sentidos ficam em estado de alerta e mantêm-se assim mesmo quando, num salto temporal, o autor descreve o início do romance entre os dois personagens principais: Danielle e James. Ela uma bióloga e matemática que aplica a matemática ao estudo da vida no oceano e ele, um suposto "consultor hidráulico", disfarce usado para encobrir a sua verdadeira actividade, a de espião.  

Disso vamo-nos apercebendo lentamente com o decorrer da história e também é lentamente que nos vão sendo descritos os relatos do seu cativeiro na Somália, junto com descrições do ambiente social e político dos seus captores, jihadistas. Paralelamente vamos acompanhamdo Danielle no seu trabalho de pesquisa do e no oceano.

Assim, a leitura é intercalada com cenas do mais puro horror, que se não verídicas, pelo menos verosímeis, e outras mais suaves e românticas, espelho de um passado feliz entre os dois personagens. 

Uma leitura dura que adorei mas que não recomendo aos estômagos mais frágeis! Sempre aprendendo com estes meus amigos, os livros!

Terminado em 21 de Julho de 2018

Estrelas: 5*

Sinopse
Confinado a um quarto sem janelas, algures na costa oriental africana, James More é mantido em cativeiro por guerrilheiros jihadistas. Capturado enquanto espiava as operações da al-Qaeda na região, enfrenta agora privações extremas, tortura e marchas forçadas pelas terras áridas da Somália.

A milhares de quilómetros de distância, no mar da Gronelândia, Danielle Flinders, biomatemática, prepara-se para mergulhar nas águas profundas do oceano a bordo de um submarino. Apesar da distância que separa James e Danielle, as memórias de ambos fazem-nos regressar ao Natal do ano anterior, passado num hotel na costa atlântica francesa, num encontro do qual resultou um intenso romance entre os dois. E é sempre de um para o outro e para o oceano que as suas mentes os conduzem num magnetismo poderoso, ao mesmo tempo ameaçador.

Para saber mais sobre este livro, aceda ao site da Editorial Presença aqui.

Cris

Sem comentários:

Enviar um comentário