Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

"Um de Nós Mente" de Karen McManus

De leitura compulsiva, este thriller! E quando um livro faz-me sentir assim, a querer virar depressinha a página, merece as minhas cinco estrelas! A escrita é fluente, com diálogos que prendem devido à sua intensidade e o ritmo acelerado e constante. Tudo perfeito para uma leitura veloz.

A trama arrebata o leitor logo no início das primeiras páginas: cinco jovens são chamados ao gabinete de um professor (sala de castigo) porque não tinham deixado os telemóveis nos seus cacifos e truxeram-nos nas mochilas para as aulas. Mas, o que primeiro pensaram ser uma partida de mau gosto, já que os telemóveis confiscados não eram deles, transformou-se num pesadelo! Um deles morre ali mesmo com um choque anafilático, resultado de ter bebido um copo de água onde foi colocado óleo de amendoim, substância a que ele era alérgico. 

Os restantes quatro colegas são, lentamente, acusados de o terem matado. Motivos? Todos tinham. Mas daí a cometer um acto tão cruel contra aquele que, através de um jornal estudantil, lhes punha a descoberto segredos que não queriam revelar, vai um passo muito grande! Quem foi afinal o assassino? 

Os personagens são-nos apresentados através de capítulos alternados e onde eles se vão expondo, cada um deles na primeira pessoa. Desde logo se cria uma empatia com todos eles o que torna difícil para o leitor discernir se algum esconde mais do que parece...

Como referi, é um livro que se lê rapidamente porque a envolvência com a história e com os personagens faz-se logo nas primeiras páginas e a trama mantém-se activa no decorrer da história. Recomendo sem reservas para todos, mesmo tratando-se, segundo creio, de um YA (young adult).

Terminado em 31 de Julho de 2018

Estrelas: 5*

Sinopse
Simon Kelleher é o criador do Má-Língua, uma nova aplicação que está a encurralar a elite de Bayview High, revelando pormenores da vida privada dos alunos da escola.
Mas o caso torna-se mais grave quando Simon e quatro colegas ficam fechados de castigo numa sala, e ele morre diante das suas vítimas.

Os quatro que se tornam suspeitos imediatos do homicídio, são:
A melhor aluna da escola, Bronwyn que nunca viola uma regra e quer entrar em Yale.
A estrela da equipa de basebol de Bayview, Cooper.
Nate, o criminoso, que está em liberdade condicional por vender droga.
A menina bonita, Addy, que parece ter a vida perfeita ao lado do namorado perfeito.

Que segredos queriam esconder para eliminar Simon?
Quem será o culpado?

Cris

Sem comentários:

Enviar um comentário