Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

As minhas melhores leituras em 2018

Estes foram os livros a que atribuí 6 estrelas. Neste ano que hoje finda. Se clicarem no título vão directos ao post com a minha opinião.
O blogue deseja-vos boas leituras para 2019!

domingo, 30 de dezembro de 2018

Para os Mais Pequeninos: "O Melro Artista"


E quando um melro começa a dar ouvidos aos "amigos" que lhe dizem que possui umas pernitas magricelas e começam a gozar com ele? O resultado é um melro infeliz e tristonho que, para solucionar a questāo, passa a pôr em prática várias acçōes para ficar com as pernas mais elegantes sem serem verdadeiros "palitos". Só que...

O que é que acontece quando damos ouvidos a pessoas que nāo nos querem bem? Que até podem ter inveja?

Um livro com uma história simples mas onde se podem tirar alguns ensinamentos e liçōes para os mais pequeninos e com ilustraçōes engraçadas e divertidas. Vejam só:





Cris

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

A convidada Escolhe: "Anoitecer no Paraíso"

O poder e a beleza das palavras. Algo para saborear e ponderar, como referiu o filho de Lucia Berlin no prefácio. Histórias verdadeiras; não necessariamente autobiográficas do bando Berlin, mas afinal o que interessa são as histórias que conta. E como as conta! Não são histórias felizes, apresentam momentos alegres, descontraídos, descritos com minúcia e exaltação, mas também com crueza e mágoa. Solidão, vícios, violência e amor. Mulheres fortes, mulheres maduras, anseiam por romance.

Estranho sortido de histórias, do quotidiano, de diferentes épocas, em distintos lugares, que tanto são extraordinárias como inesperadas. O belo e o grotesco andam a par. Incomodam. Fazem nos olhar para dentro e perceber as contingências da vida e das relações.

Um talento desaparecido e eterno - Lucia Berlin.

Vera Sopa

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Para os Mais Pequeninos: "Adoro Yoga. Boa Noite Amigos!"


Pegar neste livro constituiu uma pequena maravilha! A história é simples mas a mensagem que quer passar é fundamental.

Nāo sei se existe, efetivamente, ioga para crianças mas a sua prática só os iria beneficiar. Como aqui é referido, acalma-os e pode ser um bom exercício antes de irem dormir...

Mais palavras para quê? Espreitem algumas páginas e vejam por vós mesmos como as imagens sāo maravilhosas e como, imitando, se pode aprender. E já agora, que tal se os pais fizessem um pouquito de exercício com os pequenotes?








Cris

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

A Convidada Escolhe: "O Silêncio da Cidade Branca"

Li grandes livros e não me refiro às suas dimensões. Sei que os vou estimar e mais tarde reler.

O Silêncio da Cidade Branca é um destes livros e uma das minhas melhores leituras de sempre e são muitos os que constam nesse registo. Apaixonante. Thriller policial de uma trilogia que anseio ler.

A capa belíssima e sombria sugeria-me outro género de literatura, mais crua e difícil de processar e não podia estar mais equivocada.

Assassínios com rituais que atentam contra os usos e costumes em lugares históricos de Vitoria. Um único cérebro com poder para mudar a vida de tantas pessoas que nada tinham a ver com os seus motivos.  Um assassino que retoma os seus crimes vinte anos depois. Pontos do passado que conduzem ao presente porque se ligam com personagens que reconhecemos como próximos numa cidade com um cenário de encantar.
Tudo conjugado numa narrativa vibrante e envolvente que se desenrola a um bom ritmo e sem que seja possível antecipar quem é o psicopata. Um livro que se lê compulsivamente.

Por tudo isto e para não gorar expectativas, nada mais acrescento. Apenas não deixem de ler. Muito provavelmente vão gostar!

Vera Sopa

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Para os Mais Pequeninos: "Os Três Pestinhas"


Uma história para lembrar a importância dos avós no crescimento dos netos, de que forma podem, com o seu amor e paciência, combater as influências excessivas das solicitaçōes com que os pequenos sāo bombardeados. O livro fala da TV, mas podemos ir mais longe...

Uma história contada pelo avô e acrescentada impiedosamente pelos netos pode ser a base para  uma tarde bem passada! Vejam só:





Cris

sábado, 22 de dezembro de 2018

Na minha caixa de correio

 

 
Ofertado pela Marcador, chegou cá a casa o Entre as Estrelas.
Pelas māos da Presença chegou A Casa da Praia. Concorram ao passatempo que está a decorrer no blogue. Quem sabe nāo têm a sorte de vos calhar um destes livros?
Prendinha de Natal antecipada, de uma amiga livrólica (que escreve também aqui para o blogue, A Vera do blogue, "Ler, Prazer Adquirido"), um livro que leu e que adorou, O silêncio na Cidade Branca.
O Green Snacking foi aquisiçāo minha.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Novidade Penguin Random House

O Dia em que Perdemos a Cabeça
de Javier Castillo

Centro de Boston, 24 de Dezembro, um homem caminha nu, trazendo nas mãos a cabeça decapitada de uma jovem mulher.

O Dr. Jenkins, director do centro psiquiátrico da cidade, e Stella Hyden, agente do FBI, vão entrar numa investigação que colocará em risco as suas vidas e a sua concepção de sanidade. Que acontecimentos fortuitos ocorreram na misteriosa Salt Lake City há dezassete anos? E por que estão todos a perder a cabeça agora?

Com um estilo ágil e cheio de referências literárias- Garcia Márquez, Auster e Stephen King – e imagens impactantes, Javier Castillo contruiu um thriller romântico narrado a três tempos que explora os limites do ser humano e rompe com a estrutura tradicional dos livros de suspense.

Amor, ódio, estranhas práticas, intriga e acção trepidante inundam as páginas deste thriller romântico, que se converteu num fenómeno editorial antes da sua publicação em papel.

"Nome de Código: Verity" de Elizabeth Wein

Esta obra é sobre a Resistência (no caso a resistência inglesa e francesa) durante a II Guerra Mundial, um hino a todos os que lutaram por aquilo em que acreditavam ser justo e humano. Li-o como se fosse real, como se tudo se tivesse passado de verdade. Senti-o como tal! Este é o melhor elogio que posso atribuir a um livro. A história é plausível e mesmo um pormenor que me suscitou alguma dúvida nesse sentido, foi devidamente explicado no final pela autora.

Gostei muito desta leitura, sobretudo pela atençāo crescente a que nos obriga com o virar das páginas, pela mudança de narrador ou de quem pensamos que ele é, por possuir uma narrativa que nos vai envolvendo cada vez mais, obrigando-nos a suster a respiraçāo por mais de uma vez até terminar com os sentimentos todos ao rubro e uma lágrima teimosa a cair...

As personagens que têm o foco principal desta narrativa sāo Maddie e Julie, piloto e uma operacional da resistência britânica, amigas que a guerra juntou e que a guerra vai separar. Sem querer avançar na história, posso referir que tudo foi pensado ao pormenor e que é necessário atençāo aos detalhes para nada se perder nesta leitura. É rica em acontecimentos que nos parecem verosímeis e está muito bem escrito. De tal forma que nos sentimos dentro do enredo. É isso que pretendo duma leitura. Foi isso que obtive deste livro.

Terminado em 16 de Dezembro de 2018

Estrelas: 5*

Sinopse
O retrato impressionante do mundo da espionagem, onde nunca nada é o que parece ser!

Uma missão falhada
No dia 11 de outubro de 1943, em plena Segunda Guerra Mundial, um avião espião britânico despenha-se em território francês ocupado pelos nazis. A bordo, numa missão ultrassecreta, seguem duas jovens amigas: Maddie, a piloto, e Verity, a passageira.

Nas mãos do inimigo
Apesar de sobreviver ao acidente, Verity é capturada pela Gestapo. Para uma agente secreta, ser aprisionada em território inimigo é o pior dos pesadelos. Os interrogadores nazis dão-lhe uma escolha difícil: revelar o objetivo da sua missão, em troca de dias de vida, ou enfrentar um destino terrível.

Traição ou salvação?
Enquanto escreve a sua confissão, Verity vai revelando o seu passado, numa história emotiva, cruel e redentora. Cada nova página representa mais tempo de vida para si, mas também mais segredos entregues ao inimigo. Resta saber se essa confissão será o suficiente para salvá-la e se conseguirá concluir com sucesso uma missão aparentemente condenada ao fracasso.

Um livro multipremiado. Um hino à amizade e à coragem.


Cris

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Passatempo de Natal 2018 / Loja Online JB

 

 

Para mais informações sobre o passatempo, clique aqui.

Passatempo de Natal 2018 / Presença


Para mais informações sobre o passatempo, clique aqui.

Passatempo de Natal 2018 / Marcador


Para mais informações sobre o passatempo, clique aqui.

Passatempo de Natal 2018 / Saída de Emergência


Para mais informações sobre o passatempo, clique aqui.

Passatempo de Natal 2018 / Esfera dos Livros

 

Para mais informações sobre o passatempo, clique aqui.

Passatempo de Natal 2018 / Minotauro


Para mais informações sobre o passatempo, clique aqui.

Passatempo de Natal 2018 / Alma dos Livros



Para mais informações sobre o passatempo, clique aqui.

Passatempo de Natal 2018 / Porto Editora


Para mais informações sobre o passatempo, clique aqui.

Passatempo de Natal 2018 / Cultura Editora

 



Para mais informações sobre o passatempo, clique aqui.