Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 16 de maio de 2016

"O Número das Estrelas" de Lois Lowry

Tenho lido muitos romances sobre acontecimentos passados na II Guerra. Em quase todos apercebemo-nos como o Homem pode descer tão baixo, como consegue ser tão mesquinho quando é atacado pelo ódio mas também pelo medo. O medo faz denunciar, o medo provoca a morte. Por ler tanto sobre o facto da humanidade ser tão pequenina quando assim procede, foi com um prazer imenso que li este livro. Porque sabe tão bem descobrir que o Homem, face ao terror que foi o holocausto, soube agir com dignidade e coragem!

Esta obra, baseando-se em factos reais, conta-nos uma história de uma família dinamarquesa, não judia, que acolheu uma criança vizinha, judia, fazendo-a passar por filha e a salvou das SS e da deportação. É uma história ficcionada, é certo. Contudo, ela é representativa de todos os esforços feitos pela Resistência dinamarquesa com o intuito de salvar todos os "seus" judeus fazendo-os atravessar o mar para a Suécia.

Uma história contada por uma criança de 10 anos para todos os que se sentirem ainda crianças por dentro. Eu li e gostei muito mesmo!

Terminado a 9 de Maio de 2016

Estrelas: 6*

Sinopse

Estamos em 1943. Para Annemarie, a vida em Copenhaga passa- -se entre a casa e a escola, dificultada pela escassez de comida e pela presença constante de soldados nazis nas ruas. A coragem parece uma virtude distante, apenas ao alcance dos cavaleiros das histórias de príncipes e princesas que Annemarie conta à irmã Kirsti, antes de ela adormecer.Quando as tropas alemãs intensificam a campanha para «transferir» todos os judeus da Dinamarca, os pais de Annemarie acolhem Ellen, a sua melhor amiga, fingindo que têm três filhas. As meninas vivem como irmãs até ao dia em que se torna evidente que algo mais precisa de ser feito para salvar Ellen e a respetiva família, assim como os restantes judeus da Dinamarca.Vista pelos olhos de uma menina de 10 anos, esta é uma história baseada em factos reais que conta os esforços da Resistência dinamarquesa para salvar todos os judeus do país - perto de 700 mil pessoas -, fazendo-os atravessar o mar até à Suécia.Um livro recheado de esperança e heroísmo, que nos mostra como a solidariedade é possível, mesmo em tempos de guerra e horror.Um clássico inesquecível, considerado pela revista Time um dos 100 melhores livros de sempre para jovens.

Sem comentários:

Enviar um comentário