Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Antes de adormecer de S.J.Watson


Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 344
Editor: Livraria Civilização Editora
ISBN: 9789722633178

Fabuloso este livro! Porque partindo de algo verídico, neste caso uma doença e de todas as suas condicionantes - a amnésia - consegue levar o leitor para níveis de adrenalina altamente elevados, criando um verdadeiro pavor e angústia, no espírito de quem se embrenha na leitura. Foi a primeira vez que me mexi inquieta na cadeira, sentindo, em simultâneo, que queria e não queria continuar... por medo do que iria acontecer!


Visualizamos de tal forma as descrições que são feitas por este autor que o pânico sentido pela personagem instala-se em nós. Um verdadeiro desafio esta leitura! 


Fez-me pensar no horror que seria se, todas as manhãs,  ao acordarmos, não soubéssemos quem somos, o que fomos até aí, quem queremos ser no futuro. O que seria não conseguir memorizar nada, de tal forma que um novo dia significaria uma dor renovada, um começo do nada. As nossas memórias somos nós. O que seriamos sem elas?


Para além deste aspecto, real para muitos seres humanos, a imaginação de S.J.Watson não tem limites. O enredo é de tal forma sublime que nunca é demais elogiar a imaginação deste escritor. Conseguiu colocar-se na pele de uma mulher que, sofrendo de amnésia, padece, diariamente, porque acorda sem saber quem é, o que faz naquele sítio, qual o seu passado... A história vai-nos surpreendendo aos poucos e as últimas páginas são verdadeiramente aterradoras. O que a levou a esse estado? Em quem pode confiar? Como fazer para no dia seguinte conseguir lembrar-se dos acontecimentos do passado?


É para ser devorado e não lido, este livro. Com urgência!


Obrigada pelo empréstimo Tinkerbell.

Terminado em 18 de Outubro de 2011

Estrelas: 5*

Sinopse


«Durante o sono, a minha mente apagará tudo o que fiz hoje. Amanhã acordarei como acordei hoje de manhã. A pensar que ainda sou uma criança. A pensar que tenho toda uma vida de escolhas pela frente…» 

As memórias definem-nos. O que acontece se perdemos as nossas memórias cada vez que adormecermos? O nosso nome, a nossa identidade, o nosso passado, até mesmo as pessoas de quem gostamos - tudo perdido numa noite. E a única pessoa em quem confiamos poderá estar a contar-nos apenas metade da história. Bem-vindos à vida de Christine.

Sem comentários:

Enviar um comentário