Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Novidade Oficina do Livro

OS FANTASMAS DO ROVUMA
A epopeia dos soldados portugueses em África na I Guerra Mundial
De Ricardo Marques

Este livro conta-nos a história de uma guerra de quem ninguém falou, reconstituição minuciosa de uma parte da nossa história que continua na mais completa obscuridade: as campanhas portuguesas no Norte de Moçambique durante a Primeira Guerra Mundial.
Entre 1914 e 1918, Portugal enviou quatro expedições militares para a frente mais esquecida da Grande Guerra. No norte de Moçambique, junto às margens do Rovuma, milhares de homens viram-se condenados  a marchas de centenas de quilómetros pela selva - sem comida nem água, sem sapatos, sem roupa, apenas com medo.
Os desastres sucederam-se. Os alemães eram mais rápidos, mais eficazes e conseguiam viver do que encontravam no mato. De ambos os lados, sempre esquecidos, centenas de milhares de africanos incógnitos roubados às suas aldeias e às suas vidas transportavam os mantimentos e as armas de uma guerra que nada lhes dizia. Esta é a história desta grande aventura contada pelos homens que a viveram.
Para Moçambique, foram enviados da metrópole 19 438 militares. A estes juntaram-se, ao longo de 4 anos, portugueses que viviam na colónia e soldados indígenas. No total, a frente africana envolveu 39 201 combatentes.

Sem comentários:

Enviar um comentário