Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 19 de julho de 2017

"Tudo pela Minha Mãe" de Celina Lopes

      É pelas palavras de um menino de oito anos que nos é dada a conhecer esta história. São palavras infantis, mescladas com algumas que dificilmente se poderia incluir no vocabulário de uma criança com essa idade, que contêm uma sabedoria de vida que o sofrimento traz consigo. 
      Uma fuga, um caminho percorrido onde encontra amigos que lhe dão alento para o problema que o consome (e que nós julgamos conhecer) e o encontro, também, com desconhecidos que passam a ser amigos. Uma fuga, dizia, e um caminhar pela vida saboreando alegrias mas, sobretudo, aprendendo que a vida pode ser difícil mesmo para as crianças. Saber ultrapassar, saber viver com a perda. 
      Gostei do volte-face que a história dá. Do que pensamos conhecer mas que, de repente, se transforma em algo completamente diferente. Houve algumas expressões que, julgo, dificilmente poderiam sair da boca de uma criança mas que, no cômputo geral do discurso se desvaneceram para dar lugar a outras, essas sim, mais próprias de uma mente infantil. 
      Recomendo. Um livro que parece simples e que nos conta como o sofrimento pode ser ultrapassado com amor.

Terminado dia 14 de Julho de 2017

Estrelas: 4*

Sinopse
Pedro, um menino de oito anos, salta pela janela do quarto e fica na rua. Foge de quê? Nesta viagem sem destino, caminha pela aldeia e descobre o mundo inteiro. Não sabe grande coisa de coisa nenhuma, mas acaba por encontrar o sentido da vida. Encontra-o na história a preto e branco da Bruxa, na falta de dentes do louco Daniel que declama poemas de Alberto Caeiro, na carapaça partida de um caracol, no abraço apertado da Mariana que sabe ler os corações, no seu amigo Ricardo que quer ser agricultor, nas mãos sujas do Sr. Luís que não quer ir para o Lar, na Dona Madalena que se veste toda de preto e no Sr. Carlos que tem a alma em cinzas. 

O Pedro (que quando for grande quer ser o Super-Homem) foge de casa apenas com o seu relógio e um saco de biscoitos porque já não suporta a dor e a doença. A sua cabeça rapada desperta atenção e pena. Espera que a morte o esqueça. Sonha com o regresso aos braços da mãe. Terá tempo?

Tudo Pela Minha Mãe é uma comovente história de um filho que não se quer perder da mãe. Uma viagem real que quase parece uma fábula. O triunfo do amor contra a morte.

Cris

Sem comentários:

Enviar um comentário