Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Escritores na Cozinha... com Margarida Fonseca Santos

Doce de ginja da Tia Nininha
Nem toda a gente pode dizer que herdou, de uma tia que está prestes a fazer 100 anos e que tem uma cabeça melhor que a nossa, uma receita especial. É o meu caso. Pois aqui vai!

Ingredientes:

  • Ginjas (as que se quiserem, ou conseguirem arranjar, vários quilos)
  • 2/3 do peso das ginjas (ainda com caroço) em açúcar (pode ser ¾, para os mais gulosos)

Preparação:
Com a ajuda de um descaroçador, pois sem isso é uma trabalheira desmedida, retiram-se os caroços às ginjas. Põem-se numa taça e envolvem-se no açúcar. Começa logo a aparecer líquido, mas deve deixar-se a repousar de um dia para o outro no frigorífico.
No dia seguinte, preparem-se para estar muitas horas com a panela ao lume… A ideia é ir testando num prato a textura do doce, que deve passar de rosado líquido a um tom mais escuro e caramelizado, mas peganhento. São mesmo muitas horas, em que se vai mexendo de vez em quando e esperando. Não rende muito, ou seja, 3 quilos de ginjas equivalem a dois frascos gordinhos de doce, mas vale a pena.



Escrita em dia 
Este é um livro para quem quer escrever mais, seja para publicar num blogue, para si apenas ou para publicar, ou para quem quer sair dos seus trilhos de escrita. A ideia consiste em levá-lo durante 40 semanas a melhorar e redescobrir a sua voz ao escrever. Cada semana tem dois exercícios, um mais para nos retirar da zona de conforto, outro mais para trabalhar o nosso modo de contar.
O resultado é surpreendente! Aos poucos, começamos a ter mais ferramentas e caminhos para avançar, mais capacidade de corrigir os textos com um propósito, mais consciência de como se conta uma história, passando pela construção de personagens e enredos. Experimentem, acho que vão gostar!

Margarida Fonseca Santos 
www.margaridafs.net

Sem comentários:

Enviar um comentário