Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quinta-feira, 7 de abril de 2011

A vida, a guerra e a morte


Edição/reimpressão: 2009
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722340687
Coleção: Novo Milénio

Este livro não é um romance. Poderia sê-lo e poderia ter acabado bem, mas a vida, muitas vezes, é madrasta e ela não quis que assim fosse. Infelizmente! Ele é o fruto de duas vidas vividas com amor mas, também, sujeitas a separações dolorosas e sujeitas à separação mais dolorosa que pode haver: a morte!


Não tenho muitas palavras para o descrever. Deve ter sido, para o autor, um processo doloroso, esta escrita.  Simultaneamente, o facto de recordar os momentos passados, de ficarem no papel para que outros possam "viver" o que ele sentiu, deve ter sido, de igual modo, positivo. Para quem lê, é-o de certeza! 


São descritas situações que não conseguimos imaginar porque reais, dolorosas e difíceis. Como sobreviver num local onde a morte espreita a todo o momento e a sorte/azar estão na base de muitas mortes ou de continuar a viver? A  guerra do Iraque é aqui muito bem retratada por quem lá viveu dois anos. Por quem lá amou e sobreviveu. Por quem lá perdeu um ente querido.


Cenários de guerra que vemos nos filmes mas que não fazem parte do nosso dia-a-dia. Este é um livro que, depois de lido e se não se tivesse tratado de algo real, eu gostaria de ver no ecrã.

Terminado em 5 de Abril de 2011

Estrelas: 5*

Sinopse

O Meu Amor Morreu em Bagdade é um relato verídico e dramático de um dos períodos mais violentos do conflito no Iraque e é, simultaneamente, uma história de amor que nos retrata o que acontece quando a juventude e a inocência se expõem à devastação da guerra. O narrador é Michael Hastings, um repórter da revista Newsweek enviado para Bagdade para fazer a cobertura da guerra, que se apaixona por uma jovem colaboradora da Air America, Andi Parphamovich. Após um ano de namoro, Andi acaba por ser vítima de uma emboscada fatal numa das zonas mais perigosas da cidade. Um olhar intenso sobre o caos da guerra no Iraque e sobre a perda de um grande amor.
Uma história de amor que é ao mesmo tempo um relato verídico de um dos períodos mais violentos do conflito no Iraque, que terá parte da receita das vendas revertida a favor da Andi Foundation.

Sem comentários:

Enviar um comentário