Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Dias de ouro de Jude Deveraux


Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 404
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789898228659

E com Dias de Ouro, Jude Deveraux surpreende-nos de novo. É um livro que pode ser lido separadamente dos outros anteriores (Jardim de Alfazema e Perfume de Paixão) pois a história é independente. Viajamos para o passado e vamos para a Escócia e América de 1766, onde as tradições e costumes marcam os personagens.

Fantástico como a escrita fluída e descomplexada desta escritora nos permite viver um romance intenso onde as personagens vão desde o bravo herói até ao mais puro vilão, desta feita assistindo ao nascimento da cidade tão especial que é Edilean. E apercebemo-nos, no final, que ainda há tanto por explorar, que ficamos ansiosamente à espera do romance seguinte. 

Gostei muito e as páginas folheiam-se sozinhas perante os nossos olhos, arregalados  que ficam com tanta aventura e beleza.

Terminado em 17 de Novembro de 2011

Estrelas: 4*

Sinopse

Escócia, 1766. Angus McTern tem tudo o que pode desejar na vida. Embora o avô tivesse perdido as terras e o castelo da família num jogo de cartas quando Angus era pequeno, ele continua a encarar seriamente os seus deveres na qualidade de laird. Por conseguinte, quando a herdeira legítima do castelo — a bonita Edilean Talbot — aparece, a calma existência de Angus fica abalada para sempre… 
No início, Angus trata Edilean com frieza. Ressente-se da educação privilegiada da jovem e sente-se enraivecido pela forma como todo o seu clã parece adorá-la. Contudo, quando a herança de Edilean é roubada e ela precisa desesperadamente da sua ajuda, Angus põe o orgulho de lado. Porém, nem tudo é o que parece, e devido a uma terrível confusão Angus é acusado de se apoderar da herança da jovem. A partir desse momento, a única forma de escapar à perseguição consiste em subir a bordo de um navio na companhia de Edilean. Durante a travessia, o amor começa a nascer entre eles. Contudo, a felicidade é de curta duração pois não é a liberdade aquilo que os espera na América, mas o ganancioso noivo de Edilean, que faz tudo para obrigar Edilean a regressar à Escócia com ele. Porém, o destino volta a reunir Angus e Edilean……

Sem comentários:

Enviar um comentário