Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Um mundo sem fim de Ken Follett


Edição/reimpressão: 2008
Páginas: 596
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722340212
Colecção: Grandes Narrativas

A leitura deste livro apaixonou-me, de novo! Não que eu não tivesse à espera. É o vol.II e, como tal, sabia que ia gostar, adorar, mais propriamente... 

Ken Follett escreve com uma mestria que nos faz envolver rapidamente no livro, somos catapultados para a Idade Média de tal forma que as suas quase 600 páginas nos sabem a pouco. No início do primeiro volume é-nos apresentado um mistério que fica por deslindar...não que nos lembremos dele com frequência!  São tantos pormenores, tantas histórias, tanta imaginação, tantas cenas que poderiam ter acontecido naquela época - denotando uma busca e um rigor histórico - que nos esquecemos temporariamente desse mistério. E só mesmo no final deste volume é que ele é deslindado.

O único defeito que lhe encontro é mesmo chegar à página 596 e ter um ponto final.   Os costumes da Idade Média muita vezes bárbaros; a "justiça" que tardava em chegar e privilegiava os nobres e o clero; a medicina ainda tão ligada a superstições; as tentativas de impedir o avanço da inovação e da mudança, contrárias aos interesses das classes ditas superiores; a luta quase inglória contra a peste; o desenvolvimento das técnicas de arquitectura, sobretudo em igrejas, pontes e hospitais; tudo nos faz penetrar neste livro e imaginamos realmente os sítios onde tudo poderia ter acontecido... Virtude que acho fundamental na leitura de um livro e que marca a diferença entre um livro bom e um espectacular! 

A sinopse é insuficiente para nos colocar a par do conteúdo verdadeiro do livro. Quem pegar neste segundo volume, numa qualquer prateleira de uma livraria, não vai, certamente, aperceber-se da riqueza que está no seu interior. Por isso aconselho vivamente, sobretudo quem leu e gostou dos Pilares da Terra, que leiam estes dois volumes. Uma coisa vos garanto: vai-vos saber a pouco! Eu devorei-o em 4 dias...

Terminado em 10 de Fevereiro de 2011

Estrelas: 6*, com certeza absoluta!

Sinopse

Não é apenas em Espanha que Ken Follett é um autor bestseller, vendendo cerca de 575.000 exemplares em apenas três dias. Noutros países, como Itália e Alemanha o feito repete-se e por cá, em Portugal, os leitores começam a ganhar avanço e a percorrer as páginas volumosas de um autor de culto. Em O Mundo Sem Fim encontramos Follett ao seu melhor nível, nesta que é a continuação de Os Pilares da Terra, o épico histórico que vendeu 90 milhões de exemplares em todo o mundo. Devido ao seu tamanho, a Presença decidiu dividi-lo em dois volumes distanciados na publicação por um espaço de um mês.

2 comentários:

  1. Tenho os Pilares da Terra em espera ansiosa. Se gostar do autor, estes dois também já ficam listados.

    Sorry postar aqui, mas estou curiosa e ainda não publicaste a análise... O que achaste de "Diários Secretos de Eva Braun" de Simone B. Dupre?

    ResponderEliminar
  2. Olá Cat,
    esse livro vai-me ser emprestado p analise, ainda não o li...mal me chegue ás mãos posto o meu comentário. Tb estou curiosa!!!

    ResponderEliminar