Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 7 de março de 2018

"Anatomia de um Escândalo" de Sarah Vaughan

Foi-me prometida uma leitura de excelência com este policial/thriller e estava empolgada para começar a lê-lo! A acçāo decorre em Londres em dois periodos no tempo (1992/93 e 2016/17) e começa com um julgamento.

A meio do livro a acçāo torna-se mais envolvente: as personagens encaixam-se na perfeiçāo nos meandros desta história intrincada e começam a fazer sentido as idas e vindas entre passado e presente. Kate apaixona-nos com os seus segredos nāo revelados e nāo resolvidos e, também, com a sua assertividade como jurista, mais propriamente, advogada de acusaçāo. Sophie, presa a um casamento que julgava perfeito, começa a ver com outros olhos quem tem a seu lado e tenta, a todo o custo, proteger as suas crias. Alison, no papel de amiga de Kate, mostra-nos como, mesmo com uma vida assoberbada, o factor amizade pode e deve estar presente na vida dos outros. Três mulheres cujas vidas se cruzam na idade adulta e que estiveram ligadas quando frequentavam a unoversidade. O motivo desse reencontro? Uma alegada violaçāo.

Mas nāo se julgue que as páginas desta história permanecem enfadonhas nos meandros dos tribunais nem que acabam como nos contos de fadas. Sente-se que algo vai ocorrer que vai gerar um twist muito grande mas nao se adivinha como isso vai tomar forma. E agora, terminado o livro, posso dizer que, as coisas nāo se passaram realmente como pensei. Mas que ganhem os bons, nāo é? Mesmo que nāo seja no "aqui e agora"... 

Final perfeito. Capa bonita, que traduz o ambiente do livro. Adorei e recomendo!

Terminado em 4 de Março de 2018

Estrelas: 5*

Sinopse
A verdade é um conceito complexo!
James Whitehouse é um bom pai, um marido dedicado e uma figura pública carismática e bem-sucedida. Um dia, é acusado de violação por uma colaboradora próxima. Sophie, a sua esposa, está convencida de que ele é inocente e procura desesperadamente proteger a sua família das mentiras que ameaçam arruinar-lhes a vida.
Será que é sempre interpretada da mesma forma?
Kate Woodcroft é a advogada de acusação. Ela sabe que no tribunal vence quem apresentar os melhores argumentos, e não necessariamente quem é inocente. Ainda assim, está certa de que James é culpado e tudo fará para o condenar.
De que lado estará a verdade?
Será James vítima de um infeliz mal-entendido ou o autor de um sórdido crime? E estará a razão do lado de Sophie ou de Kate? Este escândalo - que irá forçar Sophie a reavaliar o seu casamento e Kate a enfrentar os seus demónios - deixará marcas na vida de todos eles.

Cris

Sem comentários:

Enviar um comentário