Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

"Através dos Meus Pequenos Olhos" de Emílio Ortíz

Quero esclarecer desde já que a minha ligação com animais é quase nula. Para além de umas festas no patudo pequenino de uma vizinha de 90 anos e no gato da minha sobrinha, não tenho qualquer relacionamento mais sério (lol) com animais. Não que não goste deles e, não querendo ser macabra, quase não existem na minha mesa... A minha alimentação não os tem como prato principal mas também não existe nenhum em minha casa.

Isto explicado, confesso que até a meio deste livro não estava a achar muita piada a esta leitura. Achei-a morna. Igual a algumas (poucas!) que li onde os animais tinham um papel principal. E lendo algumas, acreditava que estavam todas lidas...

Mas, Cross, o patudo, conquistou-me. Ou melhor, a escrita de Emílio Ortiz. O que mais gostei foi o facto de, subjacente às palavras de Cross, o narrador, estarem muitas críticas à forma como tratamos os nossos animais, como nos servimos daquilo que eles nos podem oferecer mas sem pensarmos exactamente naquilo que lhes estamos a fazer, por muito amor que possa estar contido nessa relação (maravilhosa dizem!) que se estabelece com eles.

A relação entre um cão-guia e o seu dono é (deve ser) especial e ficou muito bem retratada aqui nestas páginas. Embora fique também registado que a vida de um cão-guia, desde pequeno, não é fácil. Pormenores que me escapavam sobre essa tarefa ficaram mais claros para mim. Gostei de ampliar os meus conhecimentos sobre essa matéria enquanto me envolvia na história de amor de Cross, de Mario e de Maria José.

Fiquei comovida com o final. Como não ficar? E creio que, quem tem um animal, sentirá ainda mais. Recomendo vivamente esta leitura, sobretudo para os amantes dos patudos.

Terminado em 29 de Dezembro de 2017

Estrelas: 5*

Sinopse
Um cão-guia tem uma missão extraordinária: ser os olhos de quem não vê. A relação que se estabelece entre um cão-guia e o seu dono é baseada numa confiança e cumplicidade enormes. É desta profunda ligação que nos fala este livro.

Cross é um cão-guia muito divertido e brincalhão. Mario é um jovem invisual que está prestes a começar uma nova etapa da sua vida. Juntos, vivem mil e uma peripécias, aventuras, derrotas e triunfos e tornam-se absolutamente inseparáveis.

Através dos meus pequenos olhos é um relato emocionante que narra as peripécias de Cross no mundo dos humanos e nos traz uma perspetiva diferente sobre o seu e o nosso mundo.

Cris

Sem comentários:

Enviar um comentário