Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Raposas inocentes de Torey Hayden


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 308
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722347396
Coleção: Grandes Narrativas

Confesso que não sabia que Torey Hayden já tinha publicado outro romance em Portugal e pensava que este seria um livro idêntico aos que me habituei a ler desta escritora, com um cunho marcadamente pessoal, que eu adoro, e relatando casos de crianças que já lhe passaram pelas mãos...  

Como tal, achei a sua escrita diferente mas isso ficou esclarecido quando li a sinopse, ia já a meio do livro! Diferente sim, porque retirada da sua imaginação, mas não menos perturbadora e enriquecedora. 


Não podemos ficar indiferentes às várias personagens, tal a forma como as suas personalidades nos vão sendo descritas, através dos actos que praticam e das suas reacções aos mesmos. Com algumas criamos empatia, muito embora "torçamos" para que ajam e reajam da forma como achamos correcta... com outras, apetece-nos colocar "as mãos no seu pescoço" e... Pois! Vocês sabem, não é?


De uma extrema imaginação, esta história não deixa de tocar em assuntos como, por exemplo: abusos sexuais realizados quer pelos próprios pais e sua ocultação, quer em relações adultas; abandono familiar e desleixo em famílias onde existe riqueza mas não amor; importância das relações entre pais e filhos, no cuidado que se deve ter em realizar actividades conjuntas onde a natureza faça parte e o quanto é importante eles sentirem-se amados...


Fiquei surpresa com este romance de Torey Hayden! Num registo diferente dos que nos habituou, ela transporta-nos, de novo, para realidades completamente diferentes das nossas, com temas actuais. Gostei especialmente do final, deixando um espaço enorme para a imaginação de cada um!!! 

Terminado em 12 de Fevereiro de 2012

Estrelas: 5*

Sinopse

Saído da pena da aclamada Torey Hayden chega agora o seu segundo romance publicado em Portugal, depois de anteriores livros de não ficção da autora que trabalha sobre a problemática de crianças com necessidades especiais. 

Em Raposas Inocentes a acção passa-se em Abundance, Montana, antes uma cidade mineira nos tempos do Velho Oeste, agora pouco mais que uma cidade fantasma. Dixie acabou de perder um filho e apoia-se numa relação com Billy, um homem que não consegue manter um emprego. Spencer é um actor de Hollywood que se esconde dos paparazzi no seu rancho. É então que Billy decide pôr em prática um plano que levará estas quatro personagens a confrontar-se com verdades dolorosas acerca das suas vidas.


Sem comentários:

Enviar um comentário