Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

O sentido do fim de Julian Barnes


Vencedor do Man Booker Prize 2011
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 176
Editor: Livros Quetzal
ISBN: 9789725649893

Este é um livro que precisava ser lido duas vezes para que tudo o que lemos fique retido na nossa memória. Não é de leitura difícil, não senhor, mas tem partes tão profundas, tão intensas e verdadeiras que seria útil uma segunda leitura. As suas poucas páginas não fazem imaginar o quanto as suas frases penetram em nós.

Tony, o personagem principal e narrador, falando-nos na primeira pessoa, resume e analisa a sua vida, desde os tempos da escola até ao presente, tendo agora sessenta anos, contando-nos os seus pensamentos mais íntimos e suas escolhas, mostrando-nos com isso seus defeitos e qualidades. A sua ironia faz-nos sorrir, as suas análises fazem-nos pensar.

Não foi à toa que ganhou o Man Booker Prize 2011! Recomendo!

Terminado em 7 de Fevereiro de 2012

Estrelas: 4*+ (5?)

Sinopse

Tony Webster e a sua clique só conheceram Adrian Finn no fim do liceu. Famintos de livros e de sexo, e sem namoradas, viviam esses dias em conjunto, trocando afetações, piadas privativas, rumores, e mordacidades de todo o género. Talvez Adrian fosse mais sério do que os outros, e seria certamente mais inteligente. Mesmo assim juraram que ficariam amigos para o resto da vida. Tony está agora reformado. Teve uma carreira, um casamento e um divórcio amigável. E nunca fez nada para magoar ninguém - ou pelo menos acredita nisso. Mas a chegada da carta de uma advogada desencadeia uma série de surpresas e acontecimentos inesperados que lhe vão mostrar que a memória é afinal uma coisa altamente imperfeita O Sentido do Fim, o mais recente romance de Julian Barnes e livro recém-galardoado com o Man Booker Prize 2011 - é a história de um homem que se confronta com o seu passado mutável. Com marcas da literatura inglesa clássica - na apreciação do júri que o distinguiu - O Sentido do Fim constrói, com grande delicadeza e precisão, uma trama tensa, forte, e revela a mestria de um dos maiores escritores dos nossos tempos.

Sem comentários:

Enviar um comentário