Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Irmã de Rosamund Lupton


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 370
Editor: Livraria Civilização Editora
ISBN: 9789722633833

Espectacular este livro! 

Tenho de vos revelar que, devido a problemas de insónia, passo alguns períodos da noite a ler: é a forma de não me aborrecer, nem de dar voltas e voltas na cama! Ao fim de algum tempo, o sono surge de novo e afasto o livro...

Bom, neste caso isso não aconteceu e, tendo acordado às 2,30 h. não voltei a dormir! Seria impossível, aliás. Com todo o enredo no auge, vi-me "obrigada" lê-lo até ao fim. O que valeu foi que hoje, sábado, sou capaz de dormir uma sesta para compensar estas horas em que me deixei capturar por este thriller.  

Esta é uma leitura que nos mantém presas do princípio ao fim do livro, tal é a forma encontrada pela autora de nos ir mantendo dentro dos acontecimentos, passando do passado para o presente muito rapidamente, deixando-nos descortinar pequenos segredos, pequenos indícios que tanto nos levam a suspeitar ora de um personagem, ora de outro. 

A personagem principal, escreve na primeira pessoa, e é através de uma carta dirigida à sua irmã que intercala os acontecimentos e nos faz despertar para dois temas que estão na base deste livro: o amor profundo e a confiança que une duas irmãs, que nenhuma dúvida consegue destruir, e um tipo de doença que muitos desconhecem, a fibrose quistíca. Devo confessar que as relações de proximidade que aqui são descritas entre estas duas irmãs, me fizeram pensar o quão bom deve ser ter uma irmã com quem partilhar uma vida!

A minha nota - máxima - deve-se a dois factores: o primeiro tem a ver com a química que se estabelece entre o leitor e o enredo, que nos impede de largar o livro; a segunda, deve-se ao facto de possuir um aspecto verídico e bem documentado, que muito me agrada nas leituras, e que neste caso é a doença referida anteriormente e que me obrigou a uma pesquisa mais elaborada para conhecer um pouco melhor os seus efeitos e sintomas.

Muito bom. Viciante. O final é avassalador!

Terminado a 18 de Fevereiro de 2012

Estrelas: 6*

Sinopse

Quando Beatrice recebe um telefonema frenético a meio do almoço de domingo e lhe dizem que a sua irmã mais nova, Tess, desapareceu, apanha o primeiro avião de regresso a Londres. Mas quando conhece as circunstâncias que rodeiam o desaparecimento da irmã, apercebe-se, com surpresa, do pouco que sabe sobre a vida de Tess - e de que não está preparada para a terrível verdade que terá de enfrentar. A Polícia, o noivo de Beatrice e até a própria mãe aceitam ter perdido Tess, mas Beatrice recusa-se a desistir e embarca numa perigosa viagem para descobrir a verdade, a qualquer custo.

2 comentários:

  1. Cristina,
    também padeço desse problema ocasional da insónia que resolvo com a mesma medicação!
    Este livro cuja opinião publica faz parte da minha "lista de compras".
    Brevemente... ;)
    Cumps.

    ResponderEliminar
  2. Pois é, André, não estamos sós nisso das insónias, lol!

    ResponderEliminar