Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

A convidada escolhe: Para sempre

Desta escritora só li o célebre "Vai onde te leva o coração" e, pela opinião da Fernanda, tão positiva, vou ter mesmo de acrescentar este à minha lista de presentes de Natal para oferecer à "Je". Sabe tão bem receber uns presentinhos extra, mesmo que saibamos de antemão o seu conteúdo!!!

"Quem recorda como um dos melhores livros de Susanna Tamaro “Vai onde te leva o coração”, vai adorar este livro.

“Para Sempre” é um livro para saborear. Apesar de o tamanho “enganar” não é um livro de leitura rápida, pelo menos para mim não foi... é um livro para ler e ir relendo a cada momento durante a leitura… é um daqueles livros (e não tenho muitos) que ficou muito sublinhado. Frases soltas que quero ler e reler.

“Para Sempre” é-nos apresentado como uma história de amor. Para mim foi/é mais que isso, é um livro sobre a Vida, sobre o Divino e o Humano.

Vivemos a história do personagem principal, revoltamo-nos quando julga que a vida lhe foi “roubada”, sobretudo por quem não teria jamais o direito de o fazer – a mulher que amava e o amava. Um livro sobre perda e julgamento que nos relembra que não somos nada nem ninguém para julgar os outros. Que nos fala sobre a essência da vida e a importância do ser em detrimento do ter e como a sociedade nos julga e exclui por fazermos escolhas diferentes das aparências em que somos instruídos.

Um livro que nos mostra que o silêncio é fundamental num mundo cheio de ruído para podermos sobreviver enquanto Pessoas, e quanto é difícil para tantos perceber que se possa fazer essa opção. Um livro riquíssimo que nos coloca entre o bem e o mal, entre a vida e a morte sem sombras de moralismo. "Uma história sobre a eternidade do amor e “… quando se dialoga com o eterno nunca se perde tempo.” (p.87).

“Para sempre” ganhou para mim um lugar especial. Um livro que recomendo para um momento de disponibilidade mental e predisposição para a interiorização. Uma música suave de fundo e um sofá acolhedor. Irei certamente regressar a esta história de vida que me fez meditar sobre a essência da vida. Como gosto, um livro sobre temas sérios “mascarado” de romance e nada lamechas!

“… A Terra Prometida? Tem muitos nomes, mas uma só essência: a inocência, e
deslumbramento, o ser puro de coração.” (p. 126)

“Não são as coisas que fazemos que dão qualidade aos nossos dias, mas sim a maneira como as fazemos. (…) será a tua rectidão que permitirá ao navio chegar a bom porto, será a tua não-rendição, o não cederes ao medo que permitirá salvar a carga, a tripulação e os passageiros que te foram confiados.” (p. 131)

“Aquilo que nos rodeia não é senão o espelho do que temos cá dentro. Se tratarmos a nossa vida interior como uma descarga, não podemos imaginar que o mundo em redor, como que por magia, se transforme num jardim.” (p. 149)

Fernanda Palmeira

4 comentários:

  1. Olá Cris!
    Venho desejar-lhe um feliz Natal e que o novo ano lhe proporcione tudo o que desejar.
    BOAS-FESTAS.
    Bjo.

    ResponderEliminar
  2. Votos de Feliz Natal e um 2012 mais positivo do que aquele que se anuncia,lol!

    ResponderEliminar