Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A convidada escolhe: Noite sobre as águas

Mesmo antes de ler a opinião da Carina sabia que iria concordar com ela. Ken Follet é para mim um escritor de eleição! Já li muitos dos seus livros ( Pilares da terra, Um mundo sem fim, Nome de código Leoparda) e este também. Gostei claro, como não podia deixar de ser. Aqui a minha opinião sobre o escritor.



"Desde que li os Pilares da Terra que sou fã incondicional de Ken Follett. E devo admitir que de cada vez que leio mais um livro dele, mas fã eu fico! Até agora não houve nem um único livro dele que me desapontasse, e este  não é  excepção.

É um livro extraordinário, repleto de muita acção (apesar da narrativa se passar quase por completo dentro de um avião), mistério, romance e como não podia deixar de ser muito, muito, mas muito suspense!

A nossa história começa em 1939 no Reino Unido; a II Guerra Mundial acabou de ser declarada e o luxuoso hidroavião Clipper da Pan American prepara-se assim para fazer o seu último voo com destino a Nova Iorque. Este ambiente pesado e pré-Guerra reúne neste mesmo avião uma série de personagens inesperadas: um cientista alemão que tenta escapar às garras de Hitler, um aristocrata britânico que foge à prisão devido aos seus laços com o Nazismo e a sua família, um assassino e a sua escolta, uma jovem em fuga com o seu Amante, que deixa para trás o seu ignorante marido e um ladrão encantador, apaixonado por jóias. Só o facto de termos todas estas personagens reunidas, promete um enredo complexo, porém a História não fica por aqui…o engenheiro de voo está a ser chantageado para que o voo não chegue ao seu destino! Quais serão os verdadeiros motivos por detrás deste acto, e será que existe alguém no interior do Avião envolvido neste esquema?

Este livro é mais um exemplo da maravilhosa arte de contar histórias de Ken Follett. Nesta viagem alucinante não temos somente uma personagem principal, mas uma mão cheia delas, tornando a narrativa uma constante montanha russa de eventos. O enredo adensa-se na medida em que as histórias de cada uma das personagens se cruzam, culminando num fim inesperado, dramático e com muita acção! Um livro que não se encaixa num único género, e que irá sem sombra de dúvida agradar a todos!!!"

Carina Bota

2 comentários:

  1. Do Follett só li os romances históricos digamos que medievais mas terei mesmo de pegar nos restantes pois com tão boas opiniões!!!

    ResponderEliminar
  2. Sou como a Carina Bota fã incondicional de Ken Follett. Também gostei bastante deste livro. Muito boa a tua opinião Carina :)

    ResponderEliminar