Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

domingo, 23 de janeiro de 2011

Muitas vidas, muitos sonhos



Edição/reimpressão: 2005
Páginas: 512
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789724141459

Esta leitura fez-me viajar, mesmo como gosto. Se quisesse contar esta história não o poderia fazer melhor que a sinopse, pois ela é tão rica, tão cheia de pormenores, cheiros e cores que se torna muito difícil falar sobre o livro no seu todo. Lembramo-nos, isso sim, de pequenas pérolas... e são tantas! 

É uma leitura que não nos deixa descansar com tantos acontecimentos, tanta imaginação, tantos presentes, tanto conhecimento novo sobre hábitos e costumes que nos são desconhecidos! Esta saga familiar, conta-nos a história de quatro gerações e ouvimo-la sob diferentes pontos de vista, pois os narradores são os membros dessa numerosa família.

Gostei muitíssimo deste livro e aconselho a leitura da sinopse, que nos dá uma abordagem geral do que encontramos nele. Para uma visão completa só mesmo pegando nele: entramos nesse mundo maravilhoso, ficamos a conhecer cheiros, sabores exóticos, costumes e superstições da Malásia numa época ainda anterior à II Guerra Mundial, passando depois pela ocupação Japonesa e seus horrores durante a II Guerra e posterior retirada.


Terminado em 22 de Janeiro de 2011

Estrelas: 5*

Sinopse

Os sons, os cheiros e os sabores da Malásia. A vida atribulada de quatro gerações de mulheres.
Os sons, os cheiros e os sabores da Malásia do século XX – um mundo sensual e exótico, povoado de mitos e magia, de deuses e fantasmas – unem-se numa sábia combinação de tradição e realismo mágico para contar uma história de riso, perda, amor e traição, que é, no fundo, o relato da vida atribulada de quatro gerações de mulheres.
Lakshmi é uma jovem de apenas catorze anos quando é obrigada a deixar o Ceilão, onde nasceu e viveu até então, para se casar com um homem bastante mais velho. Cinco anos depois, Lakshmi tem já cinco filhos e, não obstante a sua idade, apercebe-se de que terá de ser ela própria a construir o seu futuro. Implacável na sua determinação, tornar-se-á na admirável matriarca da família. Os seus filhos e filhas, com as suas distintas personalidades e percepções da história, vão configurando a saga familiar, que alterna momentos de alegria e dor, como os vividos aquando da cruel invasão japonesa, que deixará indeléveis cicatrizes em todos eles. Nisha, a neta, será quem finalmente irá reconstruir o mosaico da história familiar e o legado de Lakshmi, a Guardiã dos Sonhos, para nos oferecer uma complexa e sensual trama de sentimentos e vivências que atravessa a vida de quatro gerações.

Um pouco de História

A Malásia é uma sociedade multicultural, com malaios, chineses e indianos a compartilhar o país.
Desde 1824 foi uma colônia do Reino Unido, e, entre 1942 e 1945, durante a Segunda Guerra Mundial, foi ocupada pelo Japão. Em 1948 os britânicos formaram a Federação Malaia, que conseguiu a sua independência em 1957. A Malásia foi formada em 1963 quando as colônias britânicas de Sabah, Sarawak e Singapura entraram para a federação. Os primeiros anos do país foram marcados por esforços da Indonésia controlar a Malásia, reivindicações de Sabah pelas Filipinas e pela secessão de Singapura da federação em 1965. Nove dos 13 estados da Malásia têm um sultão ou um chefe de Estado hereditário; os restantes quatro têm governadores nomeados pelo rei. Em 1969 os conflitos raciais entre chineses e malaios levaram a tumultos e os partidos malaios perderam votos nas eleições que se seguiram. Continuam a existir restrições às liberdades individuais como a proibição de discussão em público. Apesar das consideráveis diferenças étnicas, a Malásia tem progredido com a criação da unidade nacional.

2 comentários:

  1. Tenho este livro à espera de ser lido... A tua opinião faz-me convencer que tenho que o pegar com maior brevidade, que assim seja! :)

    ResponderEliminar