Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Segue o coração de Lesley Pearse


Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 784
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789892310589

Gostei muito desta leitura, aliás, achei-a fabulosa! Lesley Pearse tem, para além do dom da escrita, uma qualidade que admiro bastante numa escritora: procura documentar-se  muito bem em relação à época em que se passa a acção. Os seus livros são, pois, o resultado da sua imensa e fértil imaginação e dessas pesquisas elaboradas. Mesmo como eu gosto, porque conseguimos apreender outras vivências enquanto estamos "presas" à história! E que história!!!

Viajamos para o século XIX, por volta de 1800 e acompanhamos Matilda desde a sua infância, pobre e sofrida até à sua morte, aos setenta e tal anos... Passamos por Londres, Nova Iorque e S. Francisco e vivenciamos o que é ser mulher naquela época onde a escravatura ainda tinha lugar, a par de um racismo imenso. As doenças que hoje são facilmente curadas significavam uma morte certa. Os hábitos de higiene e os costumes em geral não eram, de forma alguma, idênticos aos de hoje. A pobreza é-nos relatada de uma forma nua, cruel, tal como ela se apresentava. A prostituição, a extrema pobreza, a procura desenfreada de ouro, a medicina na sua forma inicial e a perda de entes queridos são temas explorados magistralmente pela autora.

A força e a coragem de uma mulher numa altura em que o papel que lhe era supostamente destinado seria o de esposa obediente e mãe, onde a subida de classe e estatuto social era quase impensável! A sua luta por um mundo melhor, não só para ela e os seus, mas também e sobretudo, para os mais desfavorecidos, marca a sua vida e os seus relacionamentos amorosos. Ficamos literalmente agarrados às 800 páginas deste livro e à imaginação brilhante desta escritora! Recomendadíssimo!

Terminado em 26 de Maio de 2011

Estrelas: 5*+

Sinopse


Aquele podia ter sido um dia como tantos outros na vida de Matilda, uma pobre vendedora de flores. Mas aquele é o dia em que Matilda salva a vida de uma criança e recebe a mais preciosa das dádivas: a oportunidade de fugir da miséria e construir uma nova vida. Em breve trocará os bairros degradados de Londres pelos recantos misteriosos de Nova Iorque, as planícies do Oeste Selvagem e a febre do ouro em São Francisco. Munida apenas da sua coragem, beleza e inteligência, a jovem está apostada em ditar o seu destino, nem que para tal tenha de lutar contra tudo e todos. 
A sua rebeldia condena-a à solidão. Mas um dia também ela viverá as emoções de um verdadeiro amor. Um amor que terá de suportar a separação, a guerra e os tormentos do nascimento de uma nova nação. Será no Novo Mundo que Matilda vai aprender o que a sua infância não lhe ensinou: que todos nascem iguais, que a coragem e a generosidade são o que de mais nobre pulsa no coração humano, e que, por mais doloroso que seja, a vida tem de continuar e nunca se deve olhar para trás…

2 comentários:

  1. Eu também adorei, eu passava horas a ler para chegar ao fim e a história é tão intensa que até chorei... também recomendo e nunca me esqueças também recomendo.
    Boa leituras

    ResponderEliminar