Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

A mulher do Tigre de Théa Obreht


Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 332
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722346054
Coleção: Grandes Narrativas

Fiquei muito curiosa quando li a sinopse desta obra! Penso que aconteceu a muitos de vocês. Com o título e a capa, sendo da Presença, é já habitual acontecer deixarem-me com a pulga atrás da orelha e desejosa que o livro me viesse parar às mãos...


Possui um conteúdo diferente do que esperava, mas não me decepcionou. Bem pelo contrário! Excepcionalmente rico em histórias cheias de imaginação, fez-me entrar no mundo maravilhoso da ficção, pontuado, de quando em vez, por uma realidade que me era desconhecida, o pós-guerra nos Balcãs, após a dissolução da ex-Jugoslávia. Mas esse apontamento é feito de uma forma bastante subtil o que me levou a procurar na net mais detalhes sobre ela. Podem ler aqui um artigo que gostei bastante.


E não se trata de uma única história contada linearmente, por isso, a meu ver, este é um livro para se ler longe da confusão, para melhor saborearmos o seu conteúdo! Passado e presente misturam-se de tal forma, bem como várias histórias e várias partes da mesma história, que se torna necessário um local aprazível e calmo para apreciarmos a riqueza desta obra e a fantástica imaginação da autora.


Recomendo a sua leitura, sobretudo a quem goste e aprecie o mundo da ficção e de uma boa história contada com mestria!


Terminado em 6 de Setembro de 2011

Estrelas: 4*

Sinopse

Grande vencedor do Orange Prize for Fiction 2011, considerado «excecional» pelo júri do prémio (reputado galardão que visa a promoção da escrita no feminino, atribuído todos os anos no Reino Unido), A Mulher do Tigre é um dos livros de ficção mais vendidos pela Amazon americana. 
Um novo talento na ficção contemporânea que, com apenas 26 anos, foi considerada pelo The New Yorker uma das vinte melhores escritoras norte-americanas com menos de 40 anos e foi ainda incluída na lista do National Book Foundation (que elege 5 escritores abaixo dos 35 anos de idade). A Mulher do Tigre tem suscitado uma aclamação unânime e entusiástica por parte da crítica, do público e de outros escritores em todo o mundo. 

Natalia é uma jovem médica que está destacada numa missão de solidariedade a um orfanato quando recebe a notícia da morte do avô, ocorrida em circunstâncias pouco claras. Ao lembrar-se das histórias que ele lhe contava na infância, convence-se de que o avô passou os últimos dias de vida em busca de uma das suas personagens. Tenta então, a par da missão que lhe foi confiada, compreender as motivações do avô e depara-se com uma pista que a conduz à extraordinária história da mulher do tigre: a da singular amizade entre um tigre fugido de um jardim zoológico, depois de um bombardeamento durante a Segunda Guerra Mundial, e uma misteriosa mulher surda-muda. Realidade e mito, presente e passado sucedem-se nesta evocação sublime dos Balcãs pela mão de uma exímia contadora de histórias.

Sem comentários:

Enviar um comentário