Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 14 de julho de 2010

A escriba de António Garrido

"Ler! É disso que gosto! Sempre que posso, aproveito para ler e, quando o faço, julgo viajar para outros países, conhecer outras línguas ou viver outras vidas"- diz Theresa. Ela é uma das poucas jovens que sabe ler e escrever, por volta do ano 799, na Alemanha e vê-se envolvida numa série de acontecimentos que se relacionam com um manuscrito famoso, verídico, a "Doação de Constantino".

O livro denota uma pesquisa elaborada dos costumes e factos da época e não foram poucas as vezes que me confrontei com palavras para as quais não sabia o significado...Daí que seria interessante que, no final do livro, existisse um pequeno glossário!

Gostei muito desta leitura, achei-a muito envolvente.O final precipitou-se um pouco demais, já que se desenvolve nas últimas páginas muito rapidamente... ou talvez eu quisesse continuar com a leitura mais um pouco...

Terminado em 13 de Julho de 2010

Estrelas: 4*

Sinopse



Alemanha, ano 799. Carlos Magno, em vésperas de ser coroado imperador do Ocidente, encarrega Gorgias, um ilustre escriba bizantino, da tradução de um documento de vital importância para o futuro da Cristandade. O trabalho deverá ser executado no mais absoluto segredo. Entretanto, Theresa, filha de Gorgias e aprendiz de escriba, é falsamente acusada de um crime e procura refúgio na cidade alemã de Fulda, perdendo o contacto com o pai. Aí, conhecerá Alcuino de York, um frade britânico que investiga uma terrível epidemia que assola a população. Quando Theresa é informada do desaparecimento misterioso de Gorgias, ela e Alcuino embarcam numa aventura inquietante para o encontrar e infiltram-se numa teia conspirativa de ambição, poder e morte, em que nada nem ninguém é o que parece e da qual depende o futuro do mundo ocidental.
Combinando o rigor histórico com uma prosa de ritmo trepidante, este romance de Antonio Garrido conduz o leitor por cidades, claustros e abadias medievais, num thriller apaixonante inspirado em factos reais.

3 comentários:

  1. és uma fantástica leitora. parabéns.

    isabel(do Ingl.....)

    ResponderEliminar
  2. realmente, um dos maiores prazeres que tive,foi ler este livro (A Escriba) muito bom, uma historia muito envolvente e muito bem escrita

    ResponderEliminar