Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

"Nem Um Som" de Heather Gudenkauf

Foi num ápice que li este livro. Intenso, perturbador e muito bom! Tem o condāo de nos deixar em estado de alerta total em todas as suas páginas. 

O início do livro é como uma bomba relógio. Explode-nos na cara sem estarmos preparados, tal é a força das palavras e os terríveis acontecimentos com que nos deparamos.

Sabendo que a protagonista é surda, sentimos nas suas palavras o silêncio perturbador com que vive todos os seus dias. A ausência de barulho pode ser terrível e, para quem é ouvinte, a explicaçāo dada por Amelia do que é nāo poder ouvir é simplesmente aterradora. Uma experiência que partilhamos com Amelia porque está relatada com uma mestria surpreendente! Foi das sensaçōes que mais gostei porque mais real.

O mistério está presente em cada página, um assassino rodeia Amelia mas o leitor nāo adivinha quem é. Sozinha, ela desconfia de tudo e de todos. Com momentos de puro terror, achei a trama desta história muito bem equacionada e delineada. Como disse, o facto de Amélia ser surda profunda faz com que o leitor "oiça" e sinta o seu silêncio, o seu mundo de sons que nāo chegam... 

Muito bom mesmo! Capa perfeita! Classificaçāo máxima.

Terminado em 13 de Fevereiro de 2018

Estrelas: 6*

Sinopse
Para sobreviver ao perigo num mundo sem sons, todos os outros sentidos têm de estar em alerta máximo.
      Após um trágico acidente, Amelia Winn perde a audição, entrando numa espiral de depressão que a leva a procurar conforto no álcool e a afastar-se de tudo o que de mais importante tem: o trabalho, o marido e, sobretudo, a enteada, que tanto ama.
      Agora, passados dois anos, e com a ajuda do seu cão de assistência, Stitch, Amelia decide retomar a sua vida. Mas, quando o corpo de uma enfermeira sua amiga surge a flutuar num rio perto de casa, Amelia mergulha num mistério perturbador que ameaça destruir tudo outra vez.
      À medida que as pistas começam a aparecer, o perigo volta a rondar a vida de Amelia. Quanto estará ela disposta a arriscar para trazer a verdade à superfície?

Cris

Sem comentários:

Enviar um comentário