Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 6 de março de 2017

"Nem Tudo Será Esquecido" de Wendy Walker

Não querendo levantar a ponta do véu e, com isso, fazer com que na vossa leitura a surpresa que senti ao fim de algumas páginas se desvaneça, fico sem saber como explicar como achei este livro espectacular! Mas vejamos:

O autor soube muito bem explorar uma ideia, que, não sendo verídica (ainda!), torna-se verosímil porque os detalhes são apresentados de uma forma pormenorizada tornando muito interessante a narrativa. Após uma violação brutal é administrado a Jenny, uma adolescente, um fármaco que a faz esquecer os pormenores da agressão, pretendendo evitar, assim, o stress pós traumático. Até que ponto isso resulta e é benéfico? Como se consegue apanhar o agressor se a memória foi apagada e pequenos detalhes não podem ser lembrados?

Muito embora esses fármacos ainda não existam, estas questões são relevantes visto que, segundo o autor na explicação dada no final do livro, esses estudos estão a ser realizados e já existem medicamentos que são utilizados, sobretudo em soldados para evitar o stress pós traumático, a fim de alterar memórias factuais mitigando os seus efeitos pontuais nas suas atitudes.

Um livro onde as palavras não ficam por dizer, por vezes de forma dura mas muito real, e que me colocou em expectativa durante toda a sua leitura! Um "muito bom" ao papel especial que o autor atribuiu ao narrador! E mais não digo! Agarrem-se a este thriller psicológico bem depressinha se querem sentir emoções fortes! Eu fiquei agarrada a estas páginas. 

Terminado em 26 de Fevereiro de 2017

Estrelas: 5*
Sinopse
Na pacata cidade de Fairview, no Conneticut, a vida parecia perfeita até à noite em que um acontecimento trágico chocou a comunidade. Jenny Kramer, uma adolescente com quinze anos, é brutalmente violada depois de sair de uma festa. Os médicos decidem administrar-lhe um fármaco usado nos casos de patologias de stresse pós-traumático, eliminando as memórias do incidente. Contudo, nos meses seguintes, Jenny é surpreendida com sensações que a fragilizam psicologicamente, levando-a a tentar o suicídio. O pai, Tom, está determinado a descobrir o culpado e fazer justiça. A mãe, Charlotte, age como se nada tivesse acontecido.
Os pais de Jenny procuram a ajuda do psiquiatra, Alan Forrester. Nisto, o seu casamento é posto à prova, revelando segredos e fragilidades, bem como a teia que une toda a comunidade. Afinal, todos têm algo que não desejam revelar e a busca pelo violador conduz a um thriller psicológico com um desfecho inesperado e perturbante.
Nem Tudo Será Esquecido vai ser adaptado ao cinema pela Warner Brothers, contando com Reese Witherspoon na produção. 
Para mais informações sobre este livro, consulte o site da Editorial Presença aqui.
Cris

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Miguel, como referi achei o papel do narrador muito bem construido e bem elaborado... Obgda pela visita!

      Eliminar
  2. Hum hum.... quando tu dás as 5 estrelinhas, fico logo com "os cabelos da nuca em pé" ehehheh. Assim que acabar o Ciclo Pendragon, pego neste! Beijinhos
    Teresa Carvalho

    ResponderEliminar
  3. Olá Cris, agora agarraste-me!! Lá vou eu...lê-lo Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudia! Já somos duas... Fiquei agarrada, sim!

      Eliminar