Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

"A Longa Estrada Para Casa" de Saroo Brierley

Tive oportunidade de assistir à ante-estreia do filme que este livro originou. Gostei muito. Uma história verídica quase inacreditável, nāo tivesse sido ela vivida e posteriormente narrada pelo autor, Saroo Brierley. O primeiro lugar que nos é apresentado é a Índia, país de contrastes evidentes e conhecidos um pouco por todos nós. Depois da Índia, a Austrália. Um salto de muitos kilómetros e culturalmente diferente também. A unir estes dois países uma criança de quatro, cinco anos. Perdida.

O livro chegou às minhas māos depois de ver o filme. As experiências que tenho nesse sentido nāo sāo negativas, pese embora goste de ter primeiro conhecimento da história pelas páginas escritas e só depois pelas imagens. Mas, gostei muito de ler e apreciar pormenores que o filme nāo abarcou, visualizando interiormente na leitura os locais que a tela me deu a conhecer.

Como referi, esta história é quase inacreditável. Uma criança perde-se do seu irmāo mais velho e viaja horas sem fim num comboio até Calcutá. Consegue sobreviver semanas na rua, fugindo de perigos que as ruas dessa cidade sobrelotada e nāo muito limpa lhe trouxeram. 

Muitos anos depois e de uma nova vida construída bem longe dali, Sarroo chega à Índia pelas māos do Google Earth. Recomendo, tanto o livro como o filme, se bem que este tenha algumas diferenças face ao livro que nāo me pareceram razoáveis. Pormenores diferentes para os quais nāo encontro explicaçāo plausível.

Gostei do filme. Prefiro o livro.

Terminado em 11 de Janeiro de 2017

Estrelas: 5*

Sinopse
Quando Saroo Brierley se serviu do Google Earth para descobrir a aldeia onde nasceu, a milhares de quilómetros de onde vive e da qual quase não se lembra, rapidamente se tornou notícia em todo o mundo.
Saroo, de cinco anos, está numa estação de caminho de ferro, sozinho. Perdeu-se de Guddu, o irmão mais velho, que o acompanhava. Sem saber como regressar a casa, enfia-se num comboio acreditando que Guddu há de encontrá-lo. Ali adormece e no dia seguinte vê-se nas perigosas ruas de Calcutá, por onde deambula durante semanas, só e sem qualquer documento, perante a indiferença da multidão. Acaba por ser acolhido num orfanato e, mais tarde, é adotado por um casal australiano. Embora feliz na Austrália, com a sua nova família, que em vão tenta conhecer as suas origens, Saroo nunca deixa de pensar na mãe e nos irmãos que ficaram a quase meio mundo de distância. Passa horas a perscrutar imagens do Google Earth na esperança de localizar e identificar referências da sua aldeia que lhe permitam reencontrar a mãe biológica.
Longa Estrada para Casa é um testemunho verídico na primeira pessoa, comovente e intenso, que já inspirou milhões de pessoas em todo o mundo. Um hino à esperança, ao poder dos sonhos e à coragem de nunca desistir, que agora vê nova luz numa adaptação ao cinema pelo realizador Garth Davis com Nicole Kidman, Rooney Mara e Dev Patel.

Cris

Sem comentários:

Enviar um comentário