Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

"Confissões" de Kanae Minato

Ufa! Como explicar o que senti ao ler este livro? Não é um livro fácil de ler, muito embora a escrita seja fluída e se leia muito rapidamente. E digo isso porque nos é dado a conhecer o lado negro do ser humano. E quando esse feio lado se encontra nos jovens, (quase) crianças acabadas de sair das saias das mães, então o leitor sente-se oprimido, com o coração apertado por verificar quanta maldade o ser humano é capaz de encerrar em si. E talvez por os protagonistas de tanta maldade serem jovens quis acreditar, no decorrer desta leitura, que o enredo não era muito verosímil. Só assim consegui ler pacificamente este livro e afastar-me suficientemente das personagens para que elas não me fizessem "mal".

Psicologicamente todas as personagens estão soberbamente construídas e a autora vai-nos apresentando cada uma delas em capítulos separados, através das suas confissões: primeiro a Prof. Moriguchi, mãe da pequena Manami, que foi encontrada morta numa piscina; depois Mizuki, uma sua aluna, seguida de Naoki e Shüya os presumíveis assassinos. Os seus motivos, as justificações, as vinganças desejadas e as conseguidas.

Muito embora saibamos "quem fez o quê a quem" há sempre mais um pormenor que surge numa dessas confissões que me levou a ficar preso às páginas sufocantes deste livro. Li, gostei, mas fiquei um pouco oprimida com a maldade do ser humano retratada aqui sem qualquer suavidade. Forte, duro e cru.

Deixa o leitor a pensar no (forte) papel da educação no desenvolvimento da personalidade de cada indivíduo. Que fatia da nossa personalidade é fruto da educação que tivemos?

Vejam por vós próprios e digam-me se sentiram o mesmo que eu!

Terminado a 19 de Agosto de 2016

Estrelas: 4*+

Sinopse

Os seus alunos assassinaram a sua filha. Esta é a sua vingança.
Os seus alunos assassinaram a sua filha. Ela não quer justiça, só vingança.
Confissões é um romance narrado a várias vozes, magistralmente construído onde o suspense é mantido até o fim, quando as diferentes peças encaixam. Mas também é uma reflexão sobre o sistema educativo, os laços familiares, o comportamento humano, o amor e a vingança.

Sem comentários:

Enviar um comentário