Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quarta-feira, 1 de junho de 2016

"O Apelo do Anjo" de Guillaume Musso

Depois de uma leitura pesada propus-me ler uma coisa mais leve. Assim, pensando que estava a pegar um romance ligeiro, próprio daqueles dias de praia que teimam em não chegar, fui surpreendida depois das primeiras páginas porque o enredo começou a intricar-se, tal como gosto. No entanto, nas primeiras páginas a leveza com que o autor pega na história é enganadora, não revelando como este livro se torna posteriormente num thriller fantástico.

Com a leitura da sinopse ficamos a par de um acontecimento, que por acaso se passou com o autor, que veio despoletar toda esta história: a troca inadvertida de telemóveis num aeroporto, por parte de um homem e de uma mulher, ao chocarem um com o outro. A imaginação de Guillaume Musso fez o resto!

E devo dizer-vos que me empolgou mais do que eu esperava. Acção, mistério, assassinatos e uma dose nada exagerada de romance entre os dois personagens principais, fizeram com que lesse com muito agrado estas trezentas e tal páginas. Duas personagens que não se conhecem e que, por curiosidade, pesquisam o conteúdo dos telemóveis trocados. Ambas possuem um passado repleto de mistérios, mais obscuro do que se imagina e que não quero de todo revelar, que fizeram as minha delícias porque, ao virar de cada página, a surpresa esteve sempre presente.

Nota muito positiva para as pequenas epígrafes que introduzem cada capítulo. No final do livro, há um mundo a descobrir: saber de onde foram retiradas essas frases introdutórias foi realmente um prazer.

Intenso, emotivo e surpreendente! Aconselho esta leitura pois a escrita fluida permite um virar de páginas constante e ritmado.

Terminado a 28 Maio de 2016

Estrelas: 5*

Sinopse

No telefone ele tinha toda a sua vida…
Nova Iorque, Aeroporto JFK. Na cheia sala de embarque, um homem e uma mulher chocam, espalhando as suas coisas pelo chão. Depois de uma discussão normal, recuperam os haveres e cada um segue o seu caminho. Madeline e Jonathan nunca se viram na vida e é improvável que se voltem a encontrar. Mas, ao apanharem as coisas,trocaram inadvertidamente de telemóveis.
Quando se apercebem do engano, já estão a dez mil quilómetros um do outro: ela é florista em Paris, ele tem um restaurante em São Francisco. Não tarda para que os dois cedam à curiosidade, analisando o conteúdo dos telemóveis. Uma dupla indiscrição, que conduz a uma revelação inesperada: as suas vidas estão ligadas por um segredo que pensavam estar enterrado para sempre...
"O Apelo do Anjo" é uma trama magistralmente construída, que se move entre o romance e o thriller. Cheio de suspense e com um fim de tirar o fôlego.

2 comentários:

  1. Olá!

    A tua análise deixou-me um pouco curiosa sobre o livro. Por vezes, este género tende a cansar-me por ser sempre "mais do mesmo".

    Boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi precisamente por não ser "mais do mesmo" que me surpreendeu. No começo tudo indicava que seria uma leitura agradável mas demasiado ligeira. Porém, isso alterou-se e tornou-se empolgante, Denise. Espero que gostes. Bj

      Eliminar