Gosta deste blog? Então siga-me...

Indique o seu email para receber actualizações

Também estamos no Facebook e Twitter

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

A convidada escolhe: O estranho desaparecimento de E. Lennox

Lembrei-me de pedir a algumas amigas - reais e virtuais - que me contemplassem com algumas opiniões sobre livros que as marcaram por razões diversas. Assim sendo, sempre que possível, talvez uma vez por semana, terei aqui outras opiniões, sobre livros, que não as minhas. São de pessoas que, tal como eu, gostam de ler e em quem confio, tendo já baseado algumas das minhas escolhas e leituras nas suas opiniões.


Muito bem-vindas e, desde já, os meus agradecimentos! 




"Um livro pode tocar-nos por muitos motivos que, para outros, nada significarão. Este tocou-me profundamente.

Não vou contar a história, terão que lê-lo, até porque o mais bonito no livro é a qualidade da descrição dos sentimentos dos personagens, ao longo das suas vidas. É o que nos fica desses sentimentos onde nos revemos (ou não), que nos pode, afectar num livro.

A historia é contada por duas das personagens já idosas, cada uma delas com as suas fragilidades bem presentes. Os sentimentos e as percepções da sua história pessoal tornam-se numa viagem feita por cada uma delas ao relembrarem o passado, uma viagem onde somos completamente emersos, só vindo à tona quando uma terceira pessoa nos traz para o momento actual. Ela própria, sem saber, será afectada por aquelas vidas.

O que mais me comoveu 
mesmo foram os sentimentos, o conflito amor-ódio que está patente na relação da família, em particular das irmãs. O abandono, a solidão, a impotência para alterar o rumo da suas vidas.

O que mais me revoltou foi o preço que uma delas teve que pagar por ser "diferente" do convencinal para a época. Como era fácil descartar uma pessoa, como um trapo que já não se quer, que já não nos convém.

Li este livro em algumas horas! Terminado ficou-me a vontade imediata de o recomeçar a ler para não perder o contacto com aquelas pessoas, de me prender novamente nas suas vidas.

Maravilhosamente escrito!" 



Marília G.


A minha opinião sobre o livro aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário